Agências bancárias são atacadas durante a madrugada no RS

Agências bancárias são atacadas durante a madrugada no RS

 

Ataques ocorreram em Casca e em Mato Castelhano, no Norte do estado, e em Jóia, Região Noroeste. Polícia não soube informar se os criminosos levaram dinheiro.

 

Criminosos atacaram três agências bancárias e um posto de atendimento eletrônico em três cidades do Rio Grande do Sul na madrugada desta quinta-feira (8). Os arrombamentos ocorreram em Casca e em Mato Castelhano, no Norte do estado, e em Jóia, na Região Noroeste.

No Centro de Casca, o ataque ocorreu em dois bancos, que ficam um do lado do outro. Conforme a Brigada Militar de Passo Fundo, por volta das 4h, os suspeitos utilizaram explosivos para atingir as agências.

Em um dos bancos, os bandidos deixaram explosivos. A polícia não sabe informar se foi levado o dinheiro. O local está isolado à espera do Grupo de Ações Táticas (Gate).

Em Mato Castelhano, o ataque ocorreu também por volta das 4h da madrugada, em um posto de atendimento eletrônico do Banrisul. Conforme a Brigada Militar, os criminosos chegaram em uma moto e colocaram explosivos, que não detonaram.

Um caixa eletrônico ficou danificado, mas a polícia acredita que os suspeitos não conseguiram levar nada. O local está isolado, aguardando perícia e o Gate.

Em Jóia, a Brigada confirmou o ataque, mas não soube dar mais informações. Os policiais ainda estão atendendo a ocorrência.

Duas agências bancárias foram atacadas em Casca, no Norte do estado — Foto: Cintia Furlani/RBS TV

Criminosos colocaram explosivos em agência do Centro de Casca — Foto: Cintia Furlani/RBS TV

FGTS – Reclamar tem prazo reduzido

URGENTE

 

FGTS – RECLAMAR TEM PRAZO REDUZIDO

 

A partir de novembro de 2019, o empregado só poderá cobrar na justiça os valores não depositados do seu fgts dos ultimos 5 anos.

 

Quem entrar na justiça antes de novembro de 2019, ainda poderá cobrar os ultimos 30 anos.

 

Após sair do emprego, o trabalhador tem o prazo de até 2 anos para cobrar na justiça os valores não pagos.

 

TRT não permite mais entrada uniformizado

IMPORTANTE

 

A Justiça do Trabalho  não permitirá mais o ingresso na mesma, de pessoas com uniformes de empresas de vigilancia.

Referida Proibição se da conforme determina a lei numero 7.102/83, a qual em seu artigo 18 proibe o uso do uniforme quando o vigilante não estiver em efetivo serviço.

Portanto, se voce for comparecer na justiça do trabalho, seja para uma audiencia ou como testemunha, ou para qualquer outra finalidade, não vá uniformizado, pois não poderá entrar.

Friza-se novamente, O UNIFORME DA EMPRESA NÃO PODE SER USADO FORA DO SERVIÇO.

Agências bancárias são arrombadas com explosivos na Região Central e na Serra do RS

Arrombamentos aconteceram nas agências do Banrisul e do Banco do Brasil em ambas as cidades. Ninguém ficou ferido e criminosos não foram localizados.

Criminosos usaram explosivos para arrombar quatro agências bancárias na madrugada desta terça-feira (14) em cidades das nas regiões Central e da Serra do Rio Grande do Sul.

De acordo com a Brigada Militar, a primeira ocorrência foi uma tentativa de arrombamento com o uso de explosivos na cidade de Nova Pádua, na Serra, por volta da 1h15 da madrugada.

FONTE: G1/RBSTV

Agência bancária é arrombada com explosivos em Fontoura Xavier

Barulho da explosão assustou moradores, mas criminosos conseguiram fugir antes da chegada da polícia. A mesma agência havia sido arrombada há um ano.

Uma agência do Banrisul foi arrombada com explosivos na madrugada desta quarta-feira (1º) em Fontoura Xavier, no Norte do Rio Grande do Sul.

De acordo com o delegado Sander Cajal, a perícia confirmou a explosão de dois terminais de autoatendimento e o dinheiro de um deles foi levado. “Os criminosos chegaram em um veículo e efetuaram disparos de arma de fogo no local”.

O carro foi encontrado horas depois na localidade Ilópolis. A Polícia Civil acredita que quatro pessoas teriam participado da ação e segue as investigações.

O barulho da explosão assustou os moradores da cidade com 13 mil habitantes. Em agosto do ano passado, duas agências bancárias foram assaltadas na cidade, uma delas é a mesma arrombada durante a madrugada desta quarta. Naquela ocasião os moradores chegaram a ser obrigados a realizarem um cordão humano.

Fonte: G1/RBSTV

Criminosos bloqueam rodovia durante arrombamento de caixa eletrônico na Serra

Caixa eletrônico estava localizado dentro de um posto de combustíveis que estava fechado durante a madrugada. Criminosos conseguiram fugir do local e queimaram um veículo roubado.

 

Criminosos usaram veículos até um ônibus para bloquear a rodovia ERS-453, em Farroupilha, na Serra do Rio Grande do Sul, durante o arrombamento de um caixa eletrônico que fica dentro de um posto de combustíveis. A ação aconteceu por volta das 3h30 deste sábado (28).

De acordo com a delegada plantonista Thalita Andrich, que atendeu o caso durante a manhã, os criminosos teriam chegado em ao menos dois veículos no local, que estava fechado no momento.

Eles atiraram contra a porta de vidro para entrar no local, e usaram explosivos para arrombar o caixa 24 Horas.

Do lado de fora, veículos e um ônibus que estavam próximos foram abordados, e obrigados a bloquearem a rodovia durante a ação. Inicialmente, conforme o relato das testemunhas, os criminosos teriam feito um cordão humano, mas ele teriam na verdade colocado as pessoas próximas dos veículos para impedir o tráfego.

“Usaram os veículos para bloquear a rodovia e praticar o arrombamento do caixa. Deram tiros para entrar na loja e usaram explosivos. Até um ônibus foi atravessado na rodovia”, explica a delegada Thalita Andrich.

Durante a fuga, os criminosos queimaram um veículo Crossfox que havia sido roubado.

Fonte: G1/RBSTV

Criminosos explodem agência bancária em Farroupilha, na Serra

Segundo informações da Brigada Militar, os criminosos usaram explosivos para abrir os caixas eletrônicos do banco. A ação aconteceu às 4h, no bairro Nova Vicenza.

Uma agência do Banrisul foi alvo de ataque com explosivos na madrugada deste sábado (21) em Farroupilha, na serra gaúcha. Segundo informações da Brigada Militar, criminosos arrombaram dois caixas eletrônicos do banco. A ação aconteceu às 4h, no bairro Nova Vicenza.

A perícia de Caxias do Sul vistoriou o local. A agência bancária foi isolada. Ainda não se tem informações sobre a autoria do crime nem sobre o valor levado pelos bandidos.

Segundo a Brigada Militar, eles também obrigaram um motorista que passava pelo local a descer do carro e liberaram o homem logo em seguida. Um dos carros usados pela quadrilha foi encontrado abandonado. Miguelitos, usados para furar pneus, foram deixados na rodovia que dá acesso à cidade. Ninguém foi preso.

FONTE: G1/RBSTV

Criminosos causam blecaute em Canguçu antes de arrombamento a banco com explosivos

De acordo com a Brigada Militar, criminosos cortaram o fornecimento de energia elétrica de boa parte da cidade. Um caminhão foi queimado para desviar a atenção da polícia.

Criminosos usaram explosivos para arrombar um Banco do Brasil na cidade de Canguçu, Região Sul do estado, na madrugada desta quinta-feira (5). Conforme a Brigada Militar, os bandidos causaram um blecaute, deixando a cidade sem luz um pouco antes do roubo.

Os explosivos destruíram caixas eletrônicos da agência, mas não há registro de feridos ou de reféns.

Antes de fugir, os assaltantes espalharam miguelitos (pregos retorcidos) na estrada de acesso à cidade, o que acabou furando os pneus do carro da polícia.

Ainda de acordo com a Brigada Militar, na BR-392 um caminhão foi incendiado com o objetivo de desviar a atenção dos policiais.

Um cerco foi montado com o apoio de policiais militares de diversas cidades em busca dos suspeitos.

Ainda é investigado como os criminosos conseguiram causar o blecaute. O fornecimento de energia elétrica já foi normalizado na cidade.

Números de roubo e furto a bancos sobem mais de cinco vezes em maio no Rio Grande do Sul

São cumpridos sete mandados de busca e dois de prisões temporárias nos municípios de Caxias do Sul, Nova Petrópolis, Bento Gonçalves e Eldorado do Sul.

Polícia Civil do Rio Grande do Sul realiza uma operação na manhã desta segunda-feira (21) para desarticular uma quadrilha suspeita de roubo a bancos. A ação, denominada Serras do Sudeste, apura ataque com explosivos ocorrido no mês de março, em Amaral Ferrador, na Região Sul do estado. Até as 8h, duas pessoas haviam sido presas pela polícia.

“Um deles participou diretamente do fato e o outro teria participado auxiliando os criminosos na fuga do local do crime”, explica o delegado João Paulo de Abreu, da Delegacia de Roubos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).

Conforme a polícia, estão sendo cumpridas nove ordens judiciais nos municípios de Caxias do Sul, Nova Petrópolis, Bento Gonçalves e Eldorado do Sul. São sete mandados de busca e dois de prisões temporárias, expedidos pela Justiça de Encruzilhada do Sul.

Além das prisões, foram apreendidos com os suspeitos duas pistolas, além de um carro roubado e dinheiro.

Ao todo, 68 policiais participam da operação, realizada pela 1ª Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos, do Deic, com apoio da Delegacia de Repressão ao Roubos de Cargas, além da Delegacia Regional de Caxias do Sul.

FONTE: G1/RBTS